Sexta-Feira, 19 de Maio de 2017 - 13:49 (Saude)

L
LIVRE

RONDÔNIA FICA EM TERCEIRO LUGAR NO RANKING DOS ESTADOS MAIS SEDENTÁRIOS

No Brasil, seis em cada dez pessoas (62,1%) com 15 anos ou mais não praticaram esporte e/ou atividade física entre setembro de 2014 e setembro de 2015, contra 37,9% que praticaram. Em termos de população projetada, são mais de 100 milhões de sedentários e 61,3 milhões que se consideram mais ativos.


Imprimir página

Estudo do IBGE em parceria com o Ministério do Esporte mostra que 31,7% das pessoas com mais de 15 anos em Rondônia não praticaram esporte ou atividade física num intervalo de um ano entre 2014 e 2015.

No ranking dos Estados, Rondônia ocupa a 24ª colocação, localizando-se entre os que menos praticam esporte no país. O ranking é liderado pelo Alagoas onde 29,4% da população praticou algum tipo de esporte. O Distrito Federal é o primeiro, com 50,4% da população que se exercita. Os dados se referem ao ano de 2015.

O estudo faz separação de prática de esporte com atividade física. Quando se trata de fazer atividade, os números do Acre são ainda mais negativos: somente 15,5% da população de 15 anos ou mais tomam essa iniciativa com regularidade.

No Brasil, seis em cada dez pessoas (62,1%) com 15 anos ou mais não praticaram esporte e/ou atividade física entre setembro de 2014 e setembro de 2015, contra 37,9% que praticaram. Em termos de população projetada, são mais de 100 milhões de sedentários e 61,3 milhões que se consideram mais ativos.

O estudo investigou a prática de esportes e atividades físicas por pessoas de 15 anos ou mais, identificando o tipo de esporte ou atividade física praticada, o perfil dos praticantes, a motivação, o local de prática, a frequência, a duração, a participação em competições e outros aspectos relacionados. Não havia diferenciação entre esporte e atividade física. Ficava a cargo do entrevistado a classificação da modalidade praticada.

A falta de tempo foi mais declarada pela população adulta, com destaque entre as pessoas de 25 a 39 anos (51,6%). Já entre os adolescentes de 15 a 17 anos, o principal motivo foi não gostarem ou não quererem, com 57,3%. Já o principal motivo para praticar esporte, declarado por 11,2 milhões de pessoas (28,9% dos que praticaram), foi relaxar ou se divertir, seguido de melhorar a qualidade de vida ou o bem estar (26,8%).

O futebol é a modalidade esportiva mais praticada no Brasil, com 15,3 milhões de pessoas ou 39,3% dos 38,8 milhões de praticantes de esportes. Em segundo lugar aparece a caminhada (9,5 milhões de pessoas ou 24,6%), seguida pelo esporte fitness (3,5 milhões de pessoas ou 9,0%). Os homens eram 94,5% dos praticantes de futebol e quanto mais jovem a população, maior era a representatividade do esporte, atingindo 64,5% das pessoas de 15 a 17 anos. Já a caminhada foi mais representativa na população de 60 anos ou mais (59,6%).

Fonte: NewsRondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias