Quarta-Feira, 04 de Julho de 2018 - 14:14 (Cidades)

L
LIVRE

PROGRAMA PAPEL PASSADO VAI REGULARIZAR MAIS DE SETE MIL LOTES URBANOS EM SEIS MUNICÍPIOS DE RONDÔNIA

Programa Papel Passado foi lançado em Machadinho D’Oeste


Imprimir página

Foi lançado na tarde desta terça-feira (3), no município de Machadinho D’Oeste, na região do Vale do Jamari, o Programa Papel Passado, uma parceria entre o Governo Federal, o Governo do Estado e prefeituras, contemplando seis cidades do interior de Rondônia e beneficiando a 30 mil moradores com o programa de regularização fundiária urbana.

Além de Machadinho D’Oeste, onde 1.365 lotes de famílias de baixa renda do Bairro Bom Futuro serão regularizados, os municípios de Corumbiara, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, São Miguel e Castanheiras também receberão o programa, totalizando 7.899 lotes. Segundo o prefeito da primeira cidade, Leomar Patrício, o primeiro passo a partir do lançamento, e o levantamento que a administração municipal irá fazer na comunidade, até chegar às mais de 1.300 famílias de baixa renda que terão o direito à escritura de seus lotes gratuitamente.

“É um marco para o desenvolvimento da nossa cidade, para a nossa população, que através desse documento, poderá ter ainda mais acesso às linhas de crédito para realizarem melhorias em suas residências, o que significa crescimento e segurança para essas pessoas”, declarou Patrício. O Programa Papel Passado recebeu emenda parlamentar do deputado federal Nilton Capixaba no valor de R$ 2,4 milhões.

Em solenidade realizada no Centro Cultural da cidade, onde os moradores do Bairro Bom Futuro lotaram o salão, o governador Daniel Pereira contou o quanto foi importante o dia em que seu pai recebeu a escritura da propriedade em que viviam em 1982, o que, à época, foi a maior conquista para o patriarca e para toda a família, e comparou à necessidade da população de Machadinho quanto à regularização de seus lotes.

“Com esse evento, onde todos tiveram interesse em participar, é impressionante a capacidade de mobilização de vocês. Isso significa duas coisas: a liderança das pessoas que estão à frente do processo e a importância do tema para cada um de vocês. Eu sou de uma família muito humilde, e a melhor lembrança que tenho é de quando meu pai recebeu um título de terra do Incra. A propriedade não é mais nossa, mas naquela época o documento mudou a nossa vida em Rondônia”, relembrou.

Daniel enfatiza que, desde quando ainda era vice-governador do estado, a regularização fundiária tem sido trabalhada. “Acreditamos que a regularização é fundamental para que as possam ter o documento e garantir segurança jurídica de seus lotes, diante de situações de separação ou de morte – que ninguém quer, mas infelizmente estamos sujeitos, e com a documentação é possível comprovar a propriedade. Embora seja a Caixa Econômica o patrocinador do programa, o Banco do Brasil também oferece linhas de crédito para ampliação e investimentos em melhorias residenciais”.

Segundo Wilson Dias, superintendente estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat), o projeto do programa foi retomado há pouco mais de 70 dias, que por entraves judiciais das áreas em questão estava parado. Junto ao governador e aos advogados dos processos foi negociado litigio e encontrada a solução para que os lotes pudessem ser regularizados e escriturados para os moradores que tanto esperavam por esse benefício.

O governador acrescenta que a parceria política com a bancada federal tem possibilitado ainda mais ações que beneficiam à população rondoniense. “Digo isso de todos os senadores e deputados federais, e estamos conseguindo concretizar a maior emenda de bancada, o que antes só acontecia individualmente, para beneficiar a todos os municípios destinados pelos parlamentares com equipamentos e demandas encaminhadas. Agradeço o apoio irrestrito do deputado estadual Ezequiel Junior, que também tem defendido todas as nossas ações junto à Assembleia Legislativa e, juntos, temos conseguido transformar toda essa força em benefícios para a população”, concluiu.

Até o final da semana, Daniel Pereira lança o programa nos demais municípios contemplados.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias