Segunda-Feira, 14 de Maio de 2018 - 21:16 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: TRÊS MARIAS

Cada Maria com seu momento de morte, sofrimento e heroísmo.


Imprimir página

FRASE DO DIA:

“A gente é preparado para isso. Temos treinamento, temos que pensar muito rápido. Está sendo gratificante. É para isso que estamos nessa profissão, para defender vidas. Foi isso o que fiz”. – Cabo Kátia Sastre da PM de São Paulo sobre o assalto em que baleou o ladrão.

1-Sofredores da Dona Justa

Há um “forfaith” no STF. Com a alteração sobre “foro privilegiado”, 65 processos desceram às instâncias inferiores e isso não vai parar. Começou com Toffoli e avança. O ministro Marco Aurélio, por exemplo, deu uma geral no seu gabinete e 45% dos processos de sua relatoria tomaram o “caminho da roça”.

Os outros ministros inclusive os do STJ vão na mesma toada e Rondônia não vai ficar de fora. Vamos ter carnaval fora de época. As nossas desprivilegiadas autoridades vão levar a galera ao delírio com o samba “Teje Preso” evoluindo na avenida com seus adereços de tornozelo na “Escola de Samba Sofredores da Dona Justa”.  Vai ser bonito!

2-Pressões do judiciário

A restrição do foro privilegiado deixou muita gente com as barbas de molho. Quem conhece o caminhar nas Cortes Superiores, sempre atulhadas de processos, recebendo um sem número de recursos e, claro longe de fazer a prestação jurisdicional rápida e eficaz, teme a descida ao juiz da primeira instância, principalmente depois dos exemplos de juízes focados tal como Sergio Moro ou Marcelo Bretas dentre outros.

Juízes locais são submetidos a outras pressões. Nas cidades menores, todos se encontram, convivem e têm ligações sociais amiúde. Confiar na justiça: esse é o único caminho para a sociedade.

4-Por falar nisso...

A Folha de São Paulo fez as contas, mexeu o caldo revela que quando Temer sair, sem foro especial, terá pela proa quatro processos cabeludos: dois estão com o STF e duas denúncias estão na Câmara dos Deputados aguardando o óleo aquecer para começar a fritura.

Noutro está a obstrução da Justiça e participação em organização criminosa. O STF vai apurar se Temer negociou com executivos da Odebrecht no Jaburu. Noutro se houve ilegalidade em decreto que beneficiou empresas do setor portuário. Como diz o Zé e Nana, “se correr o bicho pega e se ficar você já sabe”. Vixi

4-Seleção & Eleição

A Globo tenta, mas está difícil despertar o torcedor anestesiado. A comissão técnica anuncia hoje os jogadores para a Copa, dos quais se conhece pouco, haja vista que a maioria atua em outros países. De igual forma tenta a imprensa – até a Globo – desvendar nomes capazes de tirar o povo da letargia e acordar para o evento do ano: a eleição presidencial.

Na política de hoje só os “Robin Hood” às avessas. Roubam tudo, o interesse e deixam a apatia.

5-Três Marias

A primeira é Mariele. 60 dias após seu assassinato as forças de segurança do Rio de Janeiro não têm certeza de nada. A segunda é Michela Marys que foi à justiça contra o ex-marido, Roberto Caldas juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que lhe descia a bordoada durante anos.

A terceira é a Kátia Sastre, policial militar que matou um bandido armado em frente à escola de sua filha. Cada Maria com seu momento  de morte, sofrimento e heroísmo.

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias