Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018 - 11:52 (Colaboradores)

L
LIVRE

O VALOR DO PAPEL MOEDA COMO UM ESTÁGIO TEMPORAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

No qual se condicionou a se chamar depois do último período de transição na moeda que vigora até a data de hoje (2018) por Real.


Imprimir página

O Cruzeiro passou a gerir as transações de troca em 1942, e por um breve período de 1967 a 1970 foi substituído por outra moeda chamada de Cruzeiro Novo. Fatos históricos introduziram o Cruzeiro novamente até 1986, e ao ser substituído pelo Cruzado que gerou negócios até 1989. Para em 1990 a 1993 voltar a ser Cruzeiro novamente. É curioso notar que o Brasil passou por duas pequenas fases de transição da sua moeda, uma de 1989 a 1990, e, outra, de, 1993 a 1994. No qual se condicionou a se chamar depois do último período de transição na moeda que vigora até a data de hoje (2018) por Real.

Mas o que faz uma moeda estar ativa dentro de um ciclo de desenvolvimento econômico? Que fatores de comércio, transações, concentração de divisas, e transferências do ônus de administrar para o Estado; afetam as relações que indiquem o poder de ganho ou benefício que o ativo irá desencadear como efeitos sobre a sociedade como um lastro de desenvolvimento.

O que o Brasil pode aprender com os inúmeros ciclos de desenvolvimento, desde a moeda portuguesa, até a moeda cunhada pela primeira vez pela Casa da Moeda no país?

As moedas se comunicam. Será que um fator de dependência de uma moeda de outra nacionalidade pode canibalizar o lastro de outra moeda de consumo interno?

O que faz uma moeda perder a confiança da sociedade? Até quando uma moeda forte como o Dólar irá satisfazer o desejo de consumo, como ativo de representatividade mundial?

Como integralizar uma expansão de nossa moeda, a fim de que o Real ganhe valor internacional sem gerar desequilíbrios mundiais?

Qual a fase de desenvolvimento concentrado dentro do período que um ativo, visto como um cunho monetário no Brasil, que teve o seu benefício mais expandido para a sociedade Brasileira? O que tirar de proveito para fazer repetir o benefício para a moeda atual que está em vigor?

Caro leitor, dentro de sua experiência pessoal, como para você todas estas perguntas que parecem distantes, tem relação com o mundo que você construiu para sua existência. Fica o convite para que tente dentro de sua realidade responder cada uma destas questões, que pode ter afetado o seu desenvolvimento para melhora ou piora do usufruto dos benefícios desta terra, em termos de transições monetárias nas últimas décadas de sua vida.

Fonte: 012 - Max Diniz Cruzeiro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias