Quinta-Feira, 07 de Junho de 2018 - 08:50 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: JARDESSON ARAÚJO ALERTA: - 90% DAS ESCOLAS DE SAMBA AINDA NÃO PRESTARAM CONTAS DOS RECURSOS RECEBIDOS

E o prazo de 90 dias já foi expirado segundo a Funcultural


Imprimir página

Jardesson Araújo alerta: - 90% das escolas de Samba ainda não prestaram contas dos recursos recebidos.

E o prazo de 90 dias já foi expirado segundo a Funcultural, já que as mesmas se apresentaram dia 28 de fevereiro.

Estou comentando aqui com vocês, pois para os poderes eles irão dizer, que somos todos iguais, acaba respingando a falta de responsabilidade deles, em nós folcloristas.

Atrapalha o fomento da cultura. E daí, fica a dica também a nós. Pegou dinheiro público, preste conta urgente, não espere ser notificado igual está acontecendo com algumas escolas de Samba...

Isso é feio e joga no lixo todo o nosso trabalho....

Outra dica da turma do folclore - Vamos todos, dia 14 de junho, para assembleia, pressionar que esse direito seja respeitado, pois já é lei, cabe a nós fazer valer, esse recurso vem para o fundo da cultura, onde todos terão direito. Dia 14 próximo, conto com todos as 15 horas na assembleia legislativa, cada grupo pode levar no mínimo 5 pessoas, se possível com suas camisetas, ou caracterizados.

É como dizia aquele personagem: “A luta continua companheiro”.

Neste final de semana, ou melhor, amanhã sexta feira dia 08, começa o ArraiaLeste. Depois de muitas pendengas entre a secretária da Semes e a diretoria do ArraiaLeste, fato que foi parara na Câmara dos Vereadores e no gabinete do prefeito.

Maik, Raimisson e Cia conseguiram que o Arraial continuasse a ser montado no Campo Princesa Isabel que virou, Complexo Esportivo da Zona Leste, local aonde sempre aconteceu. O ArraiaLeste tem suas peculiaridades.

Primeira – Os grupos de Quadrilhas Juninas se apresentam no estilo duelo, ou seja, um grupo desafia o outro e os dois se apresentam no mesmo dia e horário. Quem seleciona o vencedor é o público das arquibancadas. O negócio é na base do: É esse? É Esse? O que receber mais palmas continua e assim acontece por várias noites. É interessante!

Segunda: Durante o ArraiaLeste acontecem desfiles de moda e escolha de Miss geralmente coordenados pela famosa promoter Berta Zuleika.

Terceira – A grande atração do Arraial são as Bandas de Forró e não os grupos folclóricos. Assim, o ArraiaLeste ficou famoso e é um dos mais frequentados de Porto Velho. São dez dias de festa, com muita comida típica e brincadeiras da época junina.

O ArraiaLeste fica até o dia 17, com vasta programação cultural. Vamos nos agendar para prestigiar o ArraLeste.

A pedido da Luciana Oliveira da Silva:

“Baile reles, forrobodó, bate-coxas, rala-bucho, baile popular, bate-chinela”, era como o grande folclorista Câmara Cascudo descrevia o ritmo que se espalhou do Nordeste por todo o Brasil.

A trajetória do forró do “Cangaço ao Seringal” será contada com música e encenações no próximo dia 23, em Porto Velho. Os nordestinos que vieram para a Amazônia, geraram muitos dos chamados “filhos da borracha” no ciclo mais importante da Capital, o do seringalismo. A construção da identidade do rondoniense se fez com a força de trabalho e a cultura desse povo.

O show de uma família de nordestinos, com Patrícia Morais no vocal, vai exaltar a influência do ritmo e da cultura de uma região tão distante no Norte do país.

Serão 9 músicos no palco, com sanfona, triângulo e zabumba em meio a instrumentos modernos que foram sendo introduzidos na execução do forró.

Vai ter poesia e grupo de dança de cangaceiros. Será na Associação dos Empregados da Ceron, a AEC, que fica na avenida Tiradentes, 3817.

Começa às 21 horas e a mesa custa R$ 100. Reservas podem ser feitas pelo telefone 9.9202- 8256. Tô Dentro!

Fonte: 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias