Sexta-Feira, 06 de Julho de 2018 - 10:04 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: AGORA ACABOU PRA VALER

Exoneraram a principal figura que realmente entendia e entende sobre desenvolvimento de Projetos Culturais


Imprimir página

Agora acabou pra valer. Exoneraram a principal figura que realmente entendia e entende sobre desenvolvimento de Projetos Culturais. Pois é, deram as “contas” do Fabiano Barros da Sejucel.

É como diz o “morador de rua”, lascou-se seu menino! Se já estava ruim com o Fabiano imagina sem ele. Com certeza os envolvidos com o segmento cultural no estado de Rondônia, vão ficar um tempo, sem saber pra onde correr.

O primeiro golpe foi quando o tiraram da Coordenação de Cultura e então ele foi assessorar diretamente o superintendente. Agora exoneraram de vez. É como diz o dito popular: “Se Correr o Bicho Pega e se Ficar o Bicho Come”. Estamos num beco sem saída.

Aliás, a Sejucel tanto no governo que saiu no mês de abril, como agora, serve apenas como cabide de emprego, principalmente na Coordenação de Cultural.

Me apontem aí, quando foi a última ação cultural que contou com o apoio ou coordenação da Sejucel? Faz muito tempo. É só acessar o Portal do Governo do Estado e procurar o site Sejucel que você vai ver, que ha muito tempo a atual gestão não faz nada em prol da nossa cultural.

Olhando por esse prisma, melhor seria que o governo extinguisse o Departamento de Cultura da Sejucel, não digo para fechar tudo, porque no esporte ainda estão fazendo alguma coisa, assim como na Coordenação da Juventude. Agora, na Cultura e no Lazer não fazem nada.

O pior é que, por terem sido obrigados a contratar a estrutura para o Arraial Flor do Maracujá, vão exigir que os locutores da Federon a toda hora, citem o nome da Sejucel e seu superintende como se fosse os principais patrocinadores do evento.

Infelizmente, o governador Daniel Pereira, não sei por que, não mexeu na direção da superintendência. O resultado dessa acomodação, é que os segmentos culturais estão pagando o pato.

Ainda bem que faltam menos de seis meses, para mudar tudo. Mesmo que o atual governador seja reeleito, com certeza, a equipe será renovada, pois as coligações serão outras.

O segmento cultural de Rondônia vem sofrendo com a falta de respeito para com nossos movimentos culturais, ha mais de Sete Anos. É muita porrada pra pouca “bunda”.

Tiraram a pessoa errada, não era para demitir o Fabiano. Lamentamos a perda.

Mudando de assunto:

Neste sábado 7 e domingo dia 8, vai acontecer o XIX Arraial da Comunidade Santa Rita de Cássia. Uma festa julina em prol das melhorias na Comunidade.

No dia 7 e 8 você vai consumir comidas típicas, jogar binguinho e apreciar show de grupos de danças regionais.

Domingo, a grande atração será a realização do BINGÃO ELETRÔNICO com a cartela custando apenas R$ 10 que podem ser adquiridas na hora para concorrer aos seguintes prêmios:

1º Premio R$ 300. 2º prêmio R$ 500, 3º Premio R$ 1.200. Premiação das melhores. Vai lá na Comunidade Santa Rita de Cassia.

A igreja de Santa Rita de Cássia fica a rua Mamoré, no bairro Escola de Polícia, entre a Amazonas e a Sete (7) de Setembro.

Hoje o negócio é curtir a volta de Ernesto Melo e A Fina Flor do Samba ao Mercado Cultural a partir das 19 horas. Vamos lá que o samba vai ser dos melhores. Basta lembrar, que acontecerá a posse da nova diretoria da Fesec e as escolas ficaram de levar casais de Mestre Sala e Porta Bandeira e os interpretes de samba enredos.

Vamos festejar a vitória da seleção brasileira, a vitória do BRASIL sobre a Bélgica, no Mercado Cultural com A Fina Flor do Samba. Brasil 2 X 0 Bélgica!

Morena, vamos marcar encontro após o jogo do BRASIL no Mercado Cultural, durante A Fina Flor do Samba. Vai ser bom.

Fonte: 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias