Terça-Feira, 19 de Dezembro de 2017 - 10:21 (Agricultura)

L
LIVRE

FAMÍLIAS DA REGIÃO CENTRAL DE RONDÔNIA SÃO BENEFICIADAS COM PROJETO DE IMPLANTAÇÃO E EXPANSÃO DAS LAVOURAS DE CACAU E CAFÉ

Iniciado em 2016, a primeira etapa de implantação beneficiou 77 famílias dos municípios de Machadinho do Oeste, Vale do Anari e Theobroma com a distribuição de mudas.


Imprimir página

Após ter identificado o potencial de produção de cacau e café clonal na região de Jaru, órgãos estaduais somaram esforços e desenvolveram projetos de implantação e expansão das lavouras cacaueira e cafeeira nos municípios que compõem a região. A parceria, coordenada pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), por meio da Secretaria Executiva Regional de Jaru, já beneficiou 333 famílias de baixa renda.

Iniciado em 2016, a primeira etapa de implantação beneficiou 77 famílias dos municípios de Machadinho do Oeste, Vale do Anari e Theobroma com a distribuição de mudas. “O projeto foi implantado em áreas de assentamentos que não são contempladas com nenhuma política pública e onde vivem famílias sem acesso ao crédito e que se encaixam nos critérios de baixa renda”, explica a secretária regional de Jaru, Nádia Eulália.

Com a intenção de melhorar a condição social das famílias e fortalecer a economia do estado, o projeto representa o apoio do Governo do Estado à agricultura familiar por meio de articulações entre os órgãos que trabalham o segmento no estado e no município.

De acordo com o agricultor familiar do município de Theobroma, Edson dos Santos, o incentivo do Governo na implantação da lavoura foi importante não só pela distribuição das mudas, mas também no acompanhamento com assistência técnica com orientações necessárias e disponibilização do calcário, adubo fundamental para a qualidade da produção. “Nossa maior dificuldade era não ter as condições necessárias para manter a agricultura no padrão exigida e agora pretendo plantar mais café e mais cacau porque também é uma renda a mais, além da que temos através do pasto”, disse o agricultor.

Em 2017, foi implantado o projeto de expansão e revitalização das lavouras de café e cacau, desta vez incluindo os municípios de Governador Jorge Teixeira e o distrito de Tarilândia, atendendo mais 256 famílias. “Somando os dois projetos foram atendidas 333 famílias na região de Jaru, isso expressa a força que o homem do campo tem com o apoio necessário do poder público. No geral, todos ganham. O incentivo à agricultura familiar está inserido nas diretrizes do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável (PDES), plano elaborado pelo Governo do Estado que aponta eixos de investimentos para desenvolver Rondônia nos próximos 15 anos”, explicou o secretário da Sepog, George Braga.

Entre os principais parceiros estão a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e prefeituras municipais.

Fonte: 012 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias