Quarta-Feira, 29 de Março de 2017 - 17:23 (Pecuaria)

L
LIVRE

EXCURSÃO LEVA PRODUTORES RURAIS A CONHECER TÉCNICAS DE MANEJO DE PASTAGEM

O produtor possui, nessa área, 60 vacas pastejando e uma média de 8,5 cabeças por hectare.


Imprimir página

Produtores rurais dos municípios de Nova União e Mirante da Serra participaram, nesta última semana, de visitas a duas propriedades rurais em Ouro Preto do Oeste. O objetivo era apresentar os resultados obtidos com as técnicas de manejo de pastagem assistidos pela Emater-RO.

A primeira propriedade visitada foi a Estância Dona Irene, de propriedade do produtor Carlos Magno. Segundo o extensionista Wilson Piazza, do escritório da Emater em Ouro Preto do Oeste, “essa propriedade conta com sete hectares de capim Mombaça irrigado, divididos em dois módulos com 24 piquetes.” O produtor possui, nessa área, 60 vacas pastejando e uma média de 8,5 cabeças por hectare.

Ainda segundo o extensionista, a propriedade está implantando mais 2,5 hectares de capim Zuri, uma nova opção para diversificação de pastagens que apresenta resposta à calagem e adubação similar a outras cultivares como Tanzânia e Mombaça. Já, para os bezerros, foi implantada uma área de 0,78 hectares de Tifton, que são capins rasteiros e de qualidade nutritiva.

A segunda visita foi realizada no Sítio Paraíso, de propriedade do produtor Roberto Trindade de Resende. “Essa propriedade conta atualmente com cinco hectares destinados a atividade leiteira, das quais, 4,5 hectares são formados com capim Brachiaria divididos em 30 piquetes”, explica o extensionista da Emater-RO, Rodrigo Resende.

O produtor trabalha nessa área com 24 vacas, uma média de 5,5 cabeças por hectare, que produzem aproximadamente, 330 litros de leite/dia, ou seja, uma média de 13,75 litros/vaca/dia. A família administra ainda uma agroindústria implantada para processar o leite produzido na propriedade.

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias