Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017 - 15:53 (Educação)

L
LIVRE

ESCOLA ESTADUAL FLORA CALHEIROS, EM PORTO VELHO, É ENTREGUE REFORMADA E AMPLIADA

Segundo o governador Confúcio Moura, o estado está fazendo tudo o que é possível para que a educação seja referência no país. Confúcio acrescentou que educação se faz com dedicação, compromisso e envolvimento da sociedade.


Imprimir página

Alunos e professores da Escola Estadual Flora Calheiros Cotrin, localizada no bairro Esperança da Comunidade, zona leste de Porto Velho, já podem utilizar todas as dependências da unidade, entregues solenemente nesta terça-feira (12). Reformada e ampliada, a escola ganhou laboratórios, piscina, biblioteca e mais salas de aula. “A estrutura é melhor que a muitas faculdades”, disse o governador Confúcio Moura, que acompanhou as obras em várias ocasiões.

Segundo o governador Confúcio Moura, o estado está fazendo tudo o que é possível para que a educação seja referência no país. Confúcio acrescentou que educação se faz com dedicação, compromisso e envolvimento da sociedade.

Como convém a um ambiente onde a juventude predomina, a cerimônia de entrega foi marcada por muita alegria. Os convidados foram recepcionados pelos alunos, que também ostentaram faixas desejando boas vindas aos visitantes. E foi com muitos aplausos o governador Confúcio Moura foi recebido no ginásio onde aconteceu a cerimônia.

As aulas foram reiniciadas na escola em julho deste ano, mas as obras continuaram. Agora, os alunos dispõem de auditório, refeitório, biblioteca, laboratório de biologia e ciências, laboratório de informática, sala de mídias, quadra poliesportiva coberta, piscina, pavilhão administrativo, guarita, 40 salas de aulas climatizadas e lousas de vidro.

Confúcio Moura: a estrutura é melhor que a de muitas faculdades

Em breve haverá, também, um ônibus para as atividades extra-classe dos alunos e um campo de grama sintética para a prática de esporte, resultado de emendar parlamentares.

O alarido dos estudantes era uma evidente comemoração pela estrutura moderna e o cheiro de tinta nova. A escola foi renovada. Nela foram investidos R$ 4.194.642,16, dinheiro do BNDES que foi repassado ao estado através do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica de Rondônia (Pidise), e contrapartida do governo de Rondônia.

Segundo Maria Emília, coordenadora do Pidise, esta é a 38ª obra entregue com recursos do programa. “Há mais três para serem inauguradas nos próximos dias”, avisou.

Atualmente, são atendidos 2.925 alunos. A previsão é de que em 2018 serão 4.000 mil, sendo 1.200 em tempo integral. Com esta estrutura não exagero dizer que a escola Flora Calheiros está se transformando num complexo educacional em plena zona leste da cidade.

O professor Francisco Léo, o diretor da escola, é sempre saudado calorosamente pelos alunos, o que deixa clara a sua popularidade.

Na cerimônia, Léo discursou emocionando, lembrando que chegou à escola 20 anos atrás, que tinha apenas 10 salas, com muitos sonhos. “Aqui fazemos tudo pelos nossos alunos”, afirmou entre aplausos e gritos.

Embora a gestão seja objeto de elogios de pais e alunos, Léo lembrou que é na família que começa a educação dos filhos e que a escola não pode ser vista como um depósito como costuma ocorrer. “É em casa que se aprende o ‘bom dia’ e a respeitar o patrimônio público”, advertiu o diretor.

Em meio ao entusiasmo que predominou na solenidade, o secretário estadual da educação, Valdo Alves, fez agradecimentos aos deputados estaduais com contribuem com a pasta destinando emendas parlamentares e defendendo melhorias nas escolas. Ele acrescentou que neste ritmo poderá voltar à escola para apresentar novos projetos.

Vários deputados estaduais também prestigiaram a entrega das obras. Eles garantiram que continuarão apostando na melhoria da educação em Rondônia e que não faltará dinheiro das emendas.

Ao final da cerimônia foram entregues camionetes para os núcleos de Coordenação da Educação Indígena de todo o estado

Com a reforma a escola ganhou mais salas de aula, laboratórios, biblioteca e piscina.

Fonte: 012 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias