EDUCAÇÃO INTEGRAL: VIDEOCONFERÊNCIA NA SEDUC TRATA DA IMPLANTAÇÃO DE DEZ ESCOLAS EM TEMPO INTEGRAL EM RONDÔNIA - News Rondônia As devolutivas do primeiro ciclo de acompanhamento formativo, realizado pela equipe de implantação junto ao Instituto de Corresponsabilidade pela Educação, foram feitas online e visam à introdução de ferramentas de produtividade para que equipe e escolas possam trabalhar bem mesmo à distância.

Porto Velho,

Sexta-Feira , 19 de Maio de 2017 - 17:26 - Educação


 


EDUCAÇÃO INTEGRAL: VIDEOCONFERÊNCIA NA SEDUC TRATA DA IMPLANTAÇÃO DE DEZ ESCOLAS EM TEMPO INTEGRAL EM RONDÔNIA

As devolutivas do primeiro ciclo de acompanhamento formativo, realizado pela equipe de implantação junto ao Instituto de Corresponsabilidade pela Educação, foram feitas online e visam à introdução de ferramentas de produtividade para que equipe e escolas possam trabalhar bem mesmo à distância.

ImprimirImprimir página

A implantação das Escolas de Ensino Médio do Tempo Integral Novo Tempo vem sendo feita gradativamente em Rondônia, e dez estabelecimentos de ensino serão contemplados nos próximos dias. Para isso, na quarta-feira (17) ocorreu uma vídeoconferência na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em Porto Velho.

Adriana Nobre – coordenadora do programa; Jandernoura Rodrigues – especialista pedagógica; Elisangela Araújo – especialista em gestão, além de Tomaz Vicente – consultor de projetos, participaram da apresentação e puderam exibir as ações que estão sendo desenvolvidas em Rondônia  para implantação desse novo modelos nas escolas.

As devolutivas do primeiro ciclo de acompanhamento formativo, realizado pela equipe de implantação junto ao Instituto de Corresponsabilidade pela Educação, foram feitas online e visam à introdução de ferramentas de produtividade para que equipe e escolas possam trabalhar bem mesmo à distância.

O ciclo, segundo Nobre, consiste numa visita de um dia à escola para entender como está se adaptando ao programa. “A partir dessa visita é gerado um relatório com os pontos positivos das escolas e os ajustes que precisam ser feitos, chamados pontos de atenção”, afirmou.

Vicente Thomaz disse que o acompanhamento é uma atividade inovadora nas políticas públicas, pois busca aproximar a Seduc da escola através de um acompanhamento próximo e regular da implantação do programa.

Na avaliação  da especialista em gestão, Elisângela Araújo, de  maneira geral os resultados foram muito positivos e a acreditamos que os ajustes devem ser vistos de maneira positiva, já que para criar um ensino de excelência é necessário um exercício de constante autocrítica e superação.

Elisângela destacou o empenho dos professores em busca de novos conhecimentos, notadamente em práticas experimentais.

NOTICIAS RELACIONADAS

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Comentários do Facebook

Veja Também

Publicidade

  • Http://www.Auto-doc.pt