Terça-Feira, 09 de Janeiro de 2018 - 18:30 (Geral)

L
LIVRE

É DE RONDÔNIA: CAMPANHA PAPAI NOEL DOS CORREIOS BATE RECORDE

Ao todo, foram recebidas quase 9 mil cartas, sendo mais de 2 mil de crianças da sociedade e 6 mil de escolas, creches e entidades socioeducativas, em situação de vulnerabilidade social.


Imprimir página

Pela primeira vez, o Papai Noel dos Correios superou a marca de 7 mil crianças atendidas em Rondônia com o desempenho alcançado na edição de 2017, um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Encerrada em Porto Velho no último dia 20 de dezembro, a campanha arrecadou mais de 7.500 presentes, doados por cerca de 2 mil pessoas de todo o estado e 40 parceiros institucionais.

Ao todo, foram recebidas quase 9 mil cartas, sendo mais de 2 mil de crianças da sociedade e 6 mil de escolas, creches e entidades socioeducativas, em situação de vulnerabilidade social. Na capital, todas as cartas foram adotadas, assim como nos últimos anos, em um total acima de 4.600 estudantes de mais de 20 escolas públicas de ensino infantil e fundamental da cidade. Também atingiram 100% de adoção os municípios de Itapuã do Oeste, Jaru, Theobroma, Guajará-Mirim e Nova Brasilândia d’Oeste, totalizando outros 1.500 presentes. Já na quantidade de adoções, a cidade do interior que mais se destacou foi Ariquemes, com 865 cartas atendidas. Por sua vez, Ji-Paraná e Cacoal foram as que tiveram o maior aumento de adoções em relação a 2016, um dos fatores para o crescimento da campanha este ano.

No ranking nacional, Rondônia ficou no sétimo lugar em efetividade entre as 28 superintendências estaduais de operações dos Correios no país, colocação igualmente inédita, e em segundo lugar na região Norte, neste caso inclusive no cumprimento da meta e na quantidade de cartas adotadas (atrás apenas do Pará, cuja capital foi uma das cinco de cada região do Brasil participantes do projeto piloto de adoção pela internet).

Outro motivo para todo esse aumento do Papai Noel dos Correios em Rondônia foi a participação crescente de padrinhos institucionais. Órgãos como o Tribunal de Contas do Estado, Eletrobras, 5º Batalhão de Engenharia e Construção, Tribunal Regional Eleitoral, Detran, Ministério Público Federal, 6º Batalhão de Infantaria de Selva e Tribunal de Justiça de Rondônia doaram acima de 200 presentes cada um. Uma das ações idealizada para esta edição e que ajudou a atrair o interesse desses parceiros foi a adoção institucional separada por escolas, o que facilitou o acompanhamento de cada entidade até a chegada dos presentes aos alunos, com os servidores de cada órgão podendo participar das respectivas entregas.

No Brasil todo, foram selecionadas mais de 750 mil cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios, 35% a mais do que as 556 mil cartas selecionadas no ano anterior. Desse total, mais de 520 mil foram adotadas. Para o superintendente estadual de operações de Rondônia, José Carlos Fosqueira, “tudo isso graças ao comprometimento dos padrinhos, tanto institucionais como da própria população, e ao envolvimento e paixão pela campanha dos tantos empregados dos Correios e voluntários que ajudaram e ajudam a sempre tirar esses sonhos do papel”.

Fonte: 012 - Gustavo de Mello Sanfelici

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias