Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018 - 14:41 (Saude)

L
LIVRE

DIMINUEM CASOS DE AEDES AEGYPTI NA CAPITAL

As notificações de Zika e Chinkunguya também reduziram.


Imprimir página

Os casos de dengue em Porto Velho tiveram uma redução expressiva, resultado do amplo trabalho de campo desenvolvido pelos agentes de controle de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que intensificaram a busca ativa por focos dos mosquito, além de repassarem orientações à população no combate ao Aedes​aegypti.

O secretário Municipal de Saúde, Orlando Ramires, afirmou que a vistoria dos imóveis tem sido frequente para orientar os moradores a manter os quintais limpos, sem qualquer possibilidade do acúmulo de água.

Os trabalhos foram reforçados nos Bairros Tancredo Neves, Lagoinha, Tiradentes, Cuniã, Cascalheira, Escola de Polícia, Tupi, JK, Panair, Roque e Mariana, que apresentaram maior índice de infestação no último levantamento.

Paralelo ao trabalho de orientação, a Semusa está promovendo mutirões em terrenos baldios e locais estratégicos, como borracharias, para retirar possíveis criadouros, segundo explicou Adeílson Almeida, técnico da Divisão deControle de Vetores.

No dia 02 de maio, os agentes iniciam o segundo levantamento de índice rápido de infestação (lira).

Acompanhe na tabela os dados comparativos de 2016 até os primeiros 3 meses deste ano.

Fonte: 015 - Semusa

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias