Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018 - 19:58 (Internacional)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

DETIDO HOMEM ACUSADO DE VIOLAR MAIS DE 500 CRIANÇAS NA COLÔMBIA

A polícia falou com algumas das vítimas de Sánchez em Barranquilla e nas localidades próximas. Pouco a pouco, conseguiram ligar todos os crimes a este homem.


Imprimir página

Juan Carlos Sánchez, suspeito de ter violado mais de 500 crianças, na Colômbia, foi detido no dia 1 de dezembro, na Venezuela. O homem é ainda suspeito de fotografar e filmar as crianças e vender o material na Internet. O caso está sendo considerado o pior crime de todos os tempos, no país.

Juan Carlos está sendo acusado de ter violado mais de 500 crianças, com idades entre os 14 meses e os 14 anos. Um bebê de 14 meses foi uma das suas últimas vítimas. O homem atraía as vítimas em centros comerciais e locais que tivessem videogames e posteriormente, oferecia-lhes entre 2 mil a 5 mil pesos (entre pouco mais de 50 cêntimos e pouco mais de 1,40 euros) para se deixarem fotografar completamente despidos. As imagens eram depois vendidas por preços entre os 100 e os 400 dólares (entre 81 e 327 euros).

No total, havia provas de abusos, nas imagens apreendidas, contra 276 menores. As imagens foram capturadas entre 2008 e 2011. Nelas, era possível detetar a violência aplicada por “El Lobo Feroz” (como era conhecido) e ainda as ameaças que fazia às crianças, com armas brancas, caso elas contassem o que tinha acontecido.

De acordo com uma revista local, intitulada Semana, Juan Carlos já tinha sido capturado em 2008, por ter violado uma menina com 14 anos. Desde 2005, estava sendo investigado por mais 50 violações contra crianças, seis das quais fizeram queixa aos pais.

A polícia falou com algumas das vítimas de Sánchez em Barranquilla e nas localidades próximas. Pouco a pouco, conseguiram ligar todos os crimes a este homem.

Foi detido na Venezuela, graças à colaboração entre a polícia da Colômbia e Venezuela. As famílias das vítimas esperam que a justiça aplique uma pena exemplar.

O caso de Juan Carlos está sendo considerado o pior crime na história da Colômbia. O anterior tinha sido cometido por Luis Alfredo Garavito que matou mais de 170 menores nos anos de 1980.

Fonte: tvi24.iol

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias