Domingo, 08 de Julho de 2018 - 16:51 (Geral)

L
LIVRE

CONCURSO 'MEU HINO, MINHA IDENTIDADE' MARCOU A GINCANA DA ESCOLA DOM PEDRO I NA ZONA SUL DE PORTO VELHO

Chegou o grande momento. É hora de impostar a voz. Encher os pulmões de ar. E mandar ver na voz. Os jurados analisam cada detalhe.


Imprimir página

“Estamos aqui para julgar todos os critérios. Não é a questão de agradar. É questão de se fazer justiça, melhorar. Uma nota boa não é incentivo é desestímulo, afinal isso deixa qualquer pessoa numa zona de conforto”, comenta um dos jurados do evento, Fabiano Coutinho.

No centro deles está um estudante. Ele foi escolhido da turma do 6º ano D para cumprir uma missão: cantar o hino nacional brasileiro sem errar a letra.

Chegou o grande momento. É hora de impostar a voz. Encher os pulmões de ar. E mandar ver na voz. Os jurados analisam cada detalhe.

“Por mais que seja uma gincana, uma brincadeira, mas nossa função é ser criterioso. Entendemos que cantar a letra do Hino Nacional não é algo fácil. Mas é o nosso dever como cidadão, como brasileiro fazer isso. Trazemos essa coisa de que eu não sei cantar, eu erro a letra, isso se chama patriotismo é respeito”, disse uma das juradas, Nyna O’ Sum Opará.

Uma pesquisa feita em 2010, pelo projeto “brasilidade” mostrou que 58,4% dos brasileiros não sabem cantar a letra do hino nacional. O levantamento analisou em profundidade a ‘auto percepção’ do brasileiro hoje, após 28 anos de democracia e de estabilização econômica no país.

Atividade com os estudantes integra parte da gincana promovida pela Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Dom Pedro I, na Zona Sul. No seu décimo evento a instituição resolveu homenagear o mundial de futebol, com o tema a “Copa de Todas as Cores”.

“O aspecto positivo deste evento é a integração entre estudantes, professores, funcionários e pais oportunizando a união de escola e família através das tarefas realizadas”, comenta a vice-diretora, da Escola, Nilva Medeiros.

Entre os itens julgados houve a caminhada de abertura, minha turma é campeã, prova família na gincana, prova grito de guerra, prova craque ate de olhos fechados, prova minha equipe é campeã, prova Brasil e sua dança, com apresentação de quadrilhas.

“Desde que promovemos esse evento nunca tivemos em dez anos um aluno que cantasse até o final a letra do Hino Nacional Brasileiro completo, sem errar”, informa a diretora, Mara Bragado esperançosa de que esse dia chegasse.  

Ao final do evento os jurados compostos pela educadora, Nyna O’ Sum Opará, o jornalista, Emerson Barbosa e o empresário, Fabiano Coutinho escolheram o 9º ano A como a turma campeã da Gincana deste ano da Escola Dom Pedro I. Na segunda colocação ficou o 9º ano B.

Fonte: Emerson Barbosa - NewsRondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias