Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018 - 18:44 (Artigos)

L
LIVRE

COMPLIANCE - Por João Antonio Pagliosa

A origem do termo compliance é do verbo inglês to comply, que significa agir de acordo com uma regra ou uma instrução interna. Por esta razão estar em compliance é estar de acordo com as leis, e com as regras estabelecidas.


Imprimir página

Atualmente muitos profissionais trabalham em empresas como "Compliance Officer", os quais desenvolvem, implementam e monitoram programa de compliance efetivo em sintonia com a legislação vigente e com as boas práticas de mercado nacionais e internacionais. Eles também exercem suas atribuições operacionais de compliance officer no dia-a-dia das organizações onde operam.

Na minha ótica, compliance é uma filosofia onde prioriza-se a pessoa humana, isto é, onde o respeito pelo outro precisa ser compreendido e estimulado por todos.

A qualidade de vida de qualquer funcionário precisa vir antes de qualquer outro objetivo da Empresa, pois as Empresas existem essencialmente para satisfazer pessoas.

Tudo o mais é consequência uma vez que pessoas satisfeitas com a Empresa onde atuam, serão sempre muito produtivas e irão gerar riquezas e satisfação a seus pares.

Vivemos uma época em que não mais se admitirá déspotas opressores e as lideranças que se estabelecerão serão aquelas empenhadas em ensinar os caminhos a trilhar. É melhor servir do que ser servido... Quem é servido, quase sempre nunca aprende nada.

Líderes que valem a pena e que engrandecem as organizações, são aqueles que servem seus subordinados em todas as ocasiões; eles entendem que todos merecem oportunidades iguais para alcançar seus próprios desenvolvimentos.

A consolidação de princípios éticos e morais dá firmeza de caráter ao profissional, e é de fundamental importância para aqueles que anseiam se tornar líderes.

Fonte: 010 - João Antonio Pagliosa/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias