Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018 - 19:36 (Colaboradores)

L
LIVRE

COMO ENCARAR A VOLTA ÀS AULAS APÓS AS FÉRIAS, VEJA ALGUMAS DICAS PARA AJUDAR OS FILHOS NA READAPTAÇÃO

As crianças vão para a escola ou é você quem vai estudar? Confira as dicas e organize-se para um ano letivo cheio de inspiração!


Imprimir página

Passou rápido né? Já é hora de retornar aos estudos neste ano de 2018, aos horários e às regras. O relógio está atrasado, o corpo em outro ritmo e a cabeça, na diversão dos últimos dias. A missão de volta às aulas é desafiadora para pais e estudantes, mas com adequações na rotina, será menos sofrida.

A volta às aulas é um momento que mistura diversas emoções. Os Estudantes ficam agitados e ansiosos para o primeiro dia e, ao mesmo tempo, chateados pelo fim das férias.

Não importa se a escola é nova ou não: sempre bate aquele friozinho na barriga para conhecer a turma ou rever os amigos mais antigos, os novos Professores e o começo do uso do material Escolar que é novo, era assim comigo, foi assim com você também e não é diferente para a maioria dos Estudantes que retornam as aulas hoje.

O período de volta às aulas é uma etapa de recomeço. Por isso, é possível que se levem alguns dias para retomar a dinâmica e ritmo em classe. Pensando nessa fase de transição e readaptação à rotina escolar, é importante integrar os alunos novos e receber bem os antigos. Para isso, os professores podem usar sua criatividade e investir em jogos e atividades cooperativas e colaborativas que envolvam questões de desenvolvimento pessoal, social e emocional, além de cidadania.

Sempre respeitando a individualidade de cada aluno, as características do grupo e a liberdade criativa do professor, essas atividades podem também representar algo que se estenda até o ambiente familiar.

Nem sempre é fácil. Sair do ritmo de férias, ter que voltar a acordar na hora determinada e retomar a rotina de estudos pode desanimar um pouco. Mas, não precisa ser assim! Se você se preparar, é possível tirar proveito sim, neste início de ano letivo, e ainda usá-lo para alavancar as suas notas.

Algumas Escolas, já começaram suas aulas hoje (05/02), enquanto cursos e outras atividades complementares esperarão o fim do período Carnavalesco passar para dar início às atividades Escolares. Independente de qual dos dois cenários seja o seu, sinceramente acho que a coisa já começa para valer agora, né?

Geralmente os primeiros dias de aula são tranquilos e, por causa disso, não nos programamos tanto, deixamos as coisas acontecerem. O problema de fazer isso é que, quando as coisas começam a ficar mais corridas, ainda não desenvolvemos um método para programar a rotina. Por isso, o ideal é se organizar e manter a agenda atualizada desde o primeiro dia de aula!

1.    É fundamental comprar todo o material escolar necessário. Verifique se é possível utilizar algumas coisas do outro ano letivo, e boas compras!

2.    É muito importante que a criança se sinta apoiada pelos pais e professores ao chegar na escola. Por isso, boas conversas podem fazer a diferença.

3.    Leve o seu filho para te ajudar a escolher o material escolar. É um ritual importante para que ela se sinta mais confortável com os itens selecionados.

4.    Providencie o uniforme necessário e deixe-o em ordem.

5.    Deixe claro a importância da escola na vida do Estudante, para que todos se sintam mais confiantes e determinados.

6.    Mostre que estudar pode ser prazeroso e divertido, para que eles tenham vontade de ir às aulas.

1.    Tente buscar um equilíbrio entre as atividades da escola e de lazer, e reserve pelo menos 3 horas do seu dia para lição de casa, leitura de um livro ou revisão de conteúdo.

2.    Equilíbrio no sono e na alimentação, esses dois pontos impactam diretamente no seu humor e disposição. Dormir 8 horas por noite e ingerir muita água, frutas e legumes ajudam a manter a disposição e humor para encarar um dia de estudos.

3.    Faça amigos e procure estudar em grupo. Ajudar os outros com as dúvidas é ótimo para fixar o conteúdo e além disso as vezes estudar sozinho parece chato e nada produtivo.

4.    Nesta chegada das aulas, incentive seu filho a ser organizado: isso pode ser um fator crucial para um bom desempenho. Disponibilizar um cantinho para os estudos é importantíssimo para que a criança consiga se concentrar mais facilmente.

5.    Crie uma agenda de atividades, pode ser um bloco de notas online e crie o hábito de listar as atividades do dia. Essa estratégia faz com que você fique focado no que deve ser feito e não deixe nenhuma atividade para trás.

6.    Sempre faça as lições de casa, parece chato, mas são necessárias. E acredite irão ajudar muito. Estudar um pouco todo dia e melhor que estudar muito em um dia só.

7.    Estipular um horário para a criança dormir cria uma rotina saudável para os estudos. Assim, os baixinhos ficam com mais energia e conseguem se concentrar mais. Os primeiros dias são um pouco mais difíceis, mas aos poucos eles se acostumam a dormir cedo para acordar cedo.

8.    Esteja aberto a receber os futuros amiguinhos em casa. Um bom convívio social dentro da escola é fundamental!

9.    Ensine para o seu filho que as responsabilidades vêm antes da diversão. Porém, tudo pode ser negociado com uma boa conversa.

10.  A parceria (bom relacionamento), com a Escola de seu filho é fundamental. Os pais devem educar as crianças juntos dos professores, com um processo integrado e articulado.

11.  Se o seu filho usar mochilas de costas, explique a importância de carregar o menor peso possível, levando somente os itens necessários dentro dela.

12.  Evite as distrações com celular. É uma tentação checar as mensagens ou dar uma olhada no Facebook. Isso tira sua concentração e foco no que é importante.

13.  Utilize a tecnologia a seu favor. Quando falamos para evitar o celular nos referimos durante o período de aula, mas você pode explorar na internet conteúdos e sites que vão ajudar nos seus estudos. Para não perder o foco utilize sites e ferramentas construídas focadas no estudo.

Com a volta às aulas, os pais também precisam se tornar disponíveis para acompanhar o dia a dia escolar de seus filhos. Perguntar quais as novidades e ajudar nas lições de casa incentiva muito no interesse aos estudos. Quando os pais são desinteressados da vida escolar do filho, as crianças sentem e acabam desestimuladas. Por isso, estar "por dentro" da vida das crianças, não só na escola, como em todas as suas atividades, os motiva a gostar mais de tudo que faz.

Apesar de todos os desafios, o ambiente escolar tem muito a construir para o crescimento dos pequenos. Na escola eles aprendem muito sobre independência, socialização e ainda surpreendem a família toda com a capacidade de aprender e ensinar o que descobrem por lá! Com o seu apoio, tudo será mais fácil.

*José Carlos Paim, é formado em Pedagogia pela UNIR, pós-graduado em Psicopedagogia Clínica e Educação Inclusiva pela FAMA - Faculdade da Amazônia, é professor da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia e disponibiliza seu e-mail para contato: kaupaim@hotmail.com

José Carlos Paim - News Rondônia- MTB 1453/RO

Fonte: José Carlos Paim/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias