Terça-Feira, 05 de Junho de 2018 - 16:20 (Cidades)

L
LIVRE

COMARCAS DO INTERIOR TAMBÉM TERÃO DISTRIBUIÇÃO DE MUDAS

A mobilização do Poder Judiciário de Rondônia é para incentivar a sustentabilidade e o consumo consciente de recursos naturais.


Imprimir página

Depois do êxito da ação socioambiental na capital, agora é a vez de servidores e magistrados do interior do estado receberem mudas de árvores. A mobilização do Poder Judiciário de Rondônia é para incentivar a sustentabilidade e o consumo consciente de recursos naturais.

Parcerias feitas com viveiros de várias comarcas, a partir de hoje, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, proporcionarão a distribuição de mudas frutíferas e ornamentais, além de outras medidas que contribuam para a conscientização socioambiental.

Na comarca de Ariquemes acontecerá a distribuição de mudas de árvores de pequeno porte aos servidores, adquiridas junto ao viveiro municipal. Além disso, servidores da Secretaria do Meio Ambiente farão uma palestra sobre a preservação do meio ambiente, no auditório do Tribunal do Júri.

Já na comarca de Jaru, a ONG Evitando Poluição do Meio Ambiente – EPA, ministrará uma palestra sobre Educação Ambiental no Tribunal do Júri, aos servidores e terceirizados, às 16 horas.

Em Alta Floresta do Oeste, cerca de 40 mudas de espécies variadas entre paisagismo, frutíferas e sombreamento foram disponibilizadas pelo viveiro municipal para doação aos servidores do fórum.

Na comarca de Cacoal, além da distribuição de mudas aos servidores, uma palestra será ministrada por um servidor da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura do município. A proposta é abordar práticas de sustentabilidade que visem reduzir impactos ambientais.

Em Colorado do Oeste, as mudas serão distribuídas por intermédio de parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento, Agricultura, Desenvolvimento e Meio Ambiente do município, além de palestra com o tema Educação Ambiental.

O Judiciário rondoniense tem um Plano de Sustentabilidade que prioriza melhorias ao meio ambiente e a conscientização das pessoas sobre a necessidade de preservar e economizar recursos. O consumo consciente de energia elétrica, papéis, impressões, copos descartáveis e água é priorizado pelo plano.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias