Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018 - 09:36 (Cultura)

L
LIVRE

BOIS BUMBÁS DECIDEM HOJE SE VÃO OU NÃO PARA MARACUJÁ

A Liga dos Bois Bumbás - Guarnecer reúne na noite desta quinta feira 21, a partir das 18 horas, na sede da Federação de Grupos Folclóricos


Imprimir página

A Liga dos Bois Bumbás - Guarnecer reúne na noite desta quinta feira 21, a partir das 18 horas, na sede da Federação de Grupos Folclóricos – Federon na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques), para deliberar a seguinte pauta: Participação no Concurso de Bois Bumbás durante a XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás programada para começar no dia 27 de julho próximo.

Segundo a presidente da Guarnecer Simone Guedes, o que ficar decidido na reunião de hoje, terá que ser cumprido, “pois tudo ficará registrado em Ata”.

A preocupação da direção da Guarnecer é quanto a data que ocorrerá o repasse financeiro para os grupos, prometidos pela direção da Federon. ”Até a presente data, o que temos assegurado, são apenas R$ 200 MIL, o mesmo valor do ano passado. Se a Federon não conseguir um valor maior, com certeza os dirigentes dos Bois Bumbás não aceitarão concorrer ao título de melhor no Flor do Maracujá”, disse a presidente da Guarnecer.

Ano passado, cada grupo de bumbá adulto recebeu aproximadamente R$ 8 MIL para trabalhar o tema:Esse valor não dar pra financiar uma indumentária de personagem como Rainha do Folclore, Cunhã Poranga, Pajé etc. “Só uma indumentária de Pajé ultrapassa Cinco Mil Reais”.

Atualmente a Guarnecer têm em seu quadro de sócios, os bumbas: Corre Campo, Diamante Negro, Az de Ouro, Manhoso, Teimoso, Tira Teima e Vencedor mais os mirins Estrelinha, Veludinho, Mancha Negra e Brilhantinho.

Outro assunto que está na pauta para discussão na reunião desta quinta feira 21, é quanto o tempo de apresentação de um grupo de Bumbá no Flor do Maracujá. “Como o Flor do Maracujá deste ano, acontecerá em apenas dez dias e a Federon pretende continuar realizando o Concurso Eliminatório entre as quadrilhas, o tempo de apresentação de todos os grupos (quadrilhas e bois) será reduzido. “Tudo isso vamos colocar na mesa na reunião desta noite”, finalizou Simone.

Fonte: 015 - Silvio Santos/News Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias