Segunda-Feira, 11 de Junho de 2018 - 16:26 (Polícia)

L
LIVRE

ACOMPANHADO DE ADVOGADOS, ‘JORGINHO’ PRESTA DEPOIMENTO SOBRE MORTE DE ACADÊMICA DA FIMCA E É LIBERADO

Na última semana, logo após o cadáver de Silvia ter sido localizado esfaqueado na chácara de Jorge, dentro de um sumidouro, o suspeito conversou com um repórter e assumiu a autoria do crime, afirmando que iria se entregar na sexta-feira (08), porém, não o fez.


Imprimir página

Porto Velho, RO – Na tarde desta segunda-feira (11), Jorge Martins, que confessou ter assassinado a acadêmica do Curso de Estética e Cosmética na Faculdade Fimca, se apresentou espontaneamente na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV – Homicídios) e confessou ter assassinado Silvia Santos Souza, de 39 anos.

Na última semana, logo após o cadáver de Silvia ter sido localizado esfaqueado na chácara de Jorge, dentro de um sumidouro, o suspeito conversou com um repórter e assumiu a autoria do crime, afirmando que iria se entregar na sexta-feira (08), porém, não o fez. Já na data de hoje, Jorginho foi até a delegacia, acompanhado de dois advogados e prestou depoimento ao delegado, relatando que o crime ocorreu durante bebedeira na própria chácara.

Após prestar os devidos esclarecimentos, Jorge foi liberado tendo em vista não haver mandado de prisão preventiva ou temporária em seu desfavor. Familiares e amigos da vítima estão revoltados devido não ter sido decretada a prisão de Jorginho.

Fonte: 010 - NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias