Sabado, 04 de Março de 2017 - 10:13 (Hidreletricas do Madeira)

L
LIVRE

ACADÊMICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO VISITAM A UHE JIRAU

Os alunos receberam informações sobre o empreendimento e também conheceram Nova Mutum Paraná


Imprimir página

Acadêmicos do Curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) tiveram a oportunidade de conhecer a Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau durante visita realizada no dia 16 de fevereiro. A atividade, de acordo com Aldecy de Almeida Santos, um dos professores que acompanhou o grupo, teve como objetivo aprimorar o conhecimento teórico dos estudantes tendo como base principal a terceira maior geradora de energia elétrica do Brasil.

Acompanhados por empregados da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da UHE Jirau, os visitantes conheceram as instalações do edifício de controle, casa de força da margem direita, área de montagem, vertedouro, o Sistema de Transposição de Peixes (STP) e a Estação de Tratamento de Água Industrial (ETA). “A forma como a gestão da água é feita despertou muito a minha atenção e com certeza irá contribuir com as atividades acadêmicas e com meu futuro profissional”, afirmou o estudante Joberth Gambati.

Os estudantes também visitaram Nova Mutum Paraná, construída pela ESBR para receber as famílias remanejadas do antigo distrito de Mutum Paraná e os trabalhadores da Usina. A Associação Atlética Nova Mutuense e o museu de peças arqueológicas no Centro Cultural de Nova Mutum Paraná foram alguns dos locais conhecidos pelo grupo. “Considero-me privilegiada por conhecer um empreendimento tão grande como este. Não tinha idéia que fosse assim, fiquei bastante surpresa”, disse a acadêmica Marilene Amorim. 

O professor Aldecy de Almeida esclareceu que as informações obtidas durante a visita irão subsidiar a produção de relatórios acadêmicos. Segundo ele, foi muito importante para os alunos saberem como funciona a usina, que é a fio d’água, e utiliza as turbinas do tipo bulbo e também como foram desenvolvidos os 34 programas socioambientais.

Fonte: 010 - Usina Hidrelétrica Jirau

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias