Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018 - 09:32 (Colaboradores)

L
LIVRE

COM ROMBO QUE SUPERA OS R$ 20 MILHÕES, PREFEITURA APOSTA EM EX-GESTOR DE CASSOL PARA COLOCAR A SEMED EM ORDEM

A começar pela construção de mais unidades escolares, com vista em suprir a demanda. Outro problema será conservação dos espaços físicos já existentes, os atuais operam de maneira precária.

Seguir gerindo a pasta da educação pública de Porto Velho, sem duvida não será uma tarefa das mais fáceis para o novo gestor da Secretaria Municipal de Educação (Semed) o professor, Cesar Licorio.

O ex-secretário Estadual de Educação (Seduc) na gestão do ex-governador, Ivo Cassol (PP/RO) é a nova aposta do prefeito, Hildon Chaves (PSDB) para levantar a moral da instituição, após a Polícia Federal (PF/Ro) e a Controladoria Geral da União (CGU) revelar um esquema fraudulento que desviou mais de 20 milhões dos cofres da Semed.

A organização tinha como integrantes servidores da pasta, empresários e advogados. Além de agir com ramificação nos Estados do Amazonas, Acre e Pernambuco. Contra os suspeitos, pesa a fraude no processo licitatório nº 09.00010/2013, que previa o serviço de transporte escolar fluvial, voltado ao atendimento de alunos da rede do município de Porto Velho.

Além de solucionar o impasse provocado pelo desvio do erário público, o atual secretário da Semed terá que ir, além do dever de casa. A começar pela construção de mais unidades escolares, com vista em suprir a demanda. Outro problema será conservação dos espaços físicos já existentes, os atuais operam de maneira precária.  

Se em estrutura a educação do município carece de melhoria, o que dizer do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Veja notas aqui. De acordo com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, Anísio Teixeira, os alunos da Rede Municipal de Porto Velho poucos dominam a leitura e a escrita.

Como gestor da Seduc no segundo ano do mandato do ex-governador e atual senador, Ivo Cassol, Cesar Licorio não coleciona amigos entre os servidores públicos. Alguns daquela época o acusam de ter sucateado a instituição.

Fonte: NewsRondônia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/com+rombo+que+supera+os+r+20+milhoes+prefeitura+aposta+em+ex+gestor+de+cassol+para+colocar+a+semed+em+ordem/112290

News Rondônia